Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO BERNARDO DO CAMPO, Homem, de 26 a 35 anos



Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Meu blog antigo
 Mariana Costa
 mude1
 mude2
 Thiago




MUITO MAIS DE VOCÊ
 


Não sinto falta de tempo algum, porque nenhum tempo me pertence.


Pessoa alguma me pertence, muito menos as idéias que de tão rápidas transbordam e se tornam outras idéias, assim como as pessoas que me deixam apenas as essências e nada mais.


A falta me faz não perceber o todo de mim, me deixa com a sensação de incompletude, tira o foco daquilo que está perto. Mesmo quando o que se está perto é apenas a tua própria imagem refletida no pequeno espelho embaçado no banheiro.

 

Assim me desfiz de todas as propriedades que o ser humano insiste em conquistar, mas que nunca lhe serão concedidas por Deus algum.


Preencho a falta de algo com a própria essência que faz morada em mim.

 

A falta de ter um pai eu preencho com as risadas quando lembro dos momentos memoráveis. Assim eu o liberto, liberto-me dele e ele de mim.

 

A falta de estar todos os dias com minha filha, eu preencho com toda a intensidade dos momentos em que estamos juntos. Assim eu vivo dentro dela e ela dentro de mim.

 

A falta de um único amor, eu preencho com a presença de todos os amores que vivo dentro e fora de mim. Assim eu amo sem ter que amar ninguém, amo-te em plenitude dessa forma!

 

E por não sentir falta de alguém ou algo especifico, eu enxergo você como pessoa única, sublime, livre...

 

Assim eu amo a vida em todas as suas possibilidades, pois entendi que só sentimos falta daquilo que não aproveitamos enquanto podíamos.

 

E assim sempre queremos ficar um pouco mais, aproveitar um pouco mais daquilo que deveríamos ter aproveitado enquanto estava ao nosso alcance.

 

Minha felicidade existe no exato momento em que me libertei de querer algo ou alguém para mim e comecei a viver todas as possibilidades de uma vida em que aprendi a colecionar apenas as essências.

 

Francisco Dalsenter




Escrito por Francisco Dalsenter às 23h59
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]